Jardim Botânico de Curitiba – Paraná

Compartilhe:

O Jardim Botânico de Curitiba é o cartão postal da capital paranaense e o ponto turístico mais visitado da cidade. Sua famosa estufa de ferro e vidro atrai turistas de todo mundo e é a principal atração do local. Mas ele tem muito mais a oferecer. Confira nossas dicas e informações.

O Jardim Botânico de Curitiba

Esta é com certeza a atração turística mais visitada de Curitiba. Mas além de render boas fotos ele possui algumas atrações bem interessantes.

Claro que não temos como começar falando do Jardim Botânico de Curitiba sem mencionar a famosa estufa. Feita totalmente de ferro e vidro, foi inspirada no Palácio de Cristal de Londres.

Estufa do Jardim Botânico de Curitiba - Paraná

Ela é tão legal por fora quanto por dentro. Em seu interior possui vegetação nativa de regiões tropicais. Dentro dela ainda existe um chafariz e diversas flores e plantas.

Chafariz dentro da estufa do Jardim Botânico de Curitiba - Paraná

Em frente à estufa estão os também famosos canteiros geométricos, que completam e deixam a paisagem bem mais interessante. Eles podem ser vistos de diversas partes do jardim botânico e parece que mudam dependendo de onde você está olhando.

Canteiro Geométrico do Jardim Botânico de Curitiba - Paraná

O Jardim Botânico de Curitiba tem também uma outra atração bem legal que é o Jardim das Sensações. Esse espaço foi inaugurado em 2008 e a ideia é fazer o visitante ter contato direto com mais de 60 espécies de plantas e vegetais espalhados pelo local.

O interessante é que eles propõem que esse contato seja feito através do tato e do olfato, mas que se visite com os olhos vendados.

Jardim das Sensações no Jardim Botânico de Curitiba - Paraná

Você entra e existe uma trilha a ser seguida. Por todo o caminho você encontra diversos tipos de plantas para serem tocadas e cheiradas. É bem legal perceber como os nossos sentidos respondem à elas. A experiência é bem interessante. Você encontra até algumas plantas e folhas que são utilizadas como temperos, inclusive. Hortelã, manjericão e diversas outras se misturam e criam uma agradável experiência.

Conhecer o Jardim Botânico de Curitiba não é um passeio longo. Se você estiver com pouco tempo para curtir a cidade, você consegue tranquilamente passar por ele em no máximo 1 hora. Sem exagero e sem correria. Mas, você provavelmente não vai aproveitá-lo bastante.

Lago no Jardim Botânico de Curitiba - Paraná

Sim, em pouco tempo da pra conhecer a estufa, o Jardim das Sensações, passar pelos canteiros geométricos e conhecer o lago. Mas muitas pessoas que passam por ali aproveitam para esticarem um pouco as pernas e relaxarem em meio à natureza. A maioria se demora um pouco mais pois param para sentar nos bancos e jardins espalhados pelo local ou até mesmo pela grama.

Aos finais de semana ele costuma sem bem mais concorrido e cheio tanto de turistas quanto de moradores de Curitiba. É um local tranquilo e você quase esquece que está no centro de uma cidade grande e movimentada.

Por do Sol no Jardim Botânico de Curitiba - Paraná

Você pode até aproveitar um pôr do sol dos bancos espalhados pelo Jardim Botânico. Se estiver com mais tempo, não deixe de aproveitar e conhecer também os dois jardins que ficam ao lado da estufa. Você provavelmente irá passar por eles, mas é interessante parar um pouco e prestar atenção aos detalhes.

Jardim Francês no Jardim Botânico de Curitiba - Paraná

Na entrada do Jardim Botânico você também tem uma lojinha de souvenires que serve alguns lanches (salgados em sua maioria) e bebidas frias e quentes. É onde também ficam os banheiros.

Informações sobre o Jardim Botânico de Curitiba

O mais interessante do Jardim Botânico de Curitiba é que a entrada é gratuita. Ou seja, o cartão postal de Curitiba e atração mais visitada da cidade não cobra nadinha dos visitantes.

O horário de funcionamento é de Segunda-feira à Domingo das 6h às 20h (no verão) e das 6h às 19h30 (no inverno).

O Jardim das Sensações tem horário diferente: de Terça-feira à Sexta-feira das 9h às 17h.

Endereço: Fica na R. Engo. Ostoja Roguski, na região central de Curitiba. Possui estacionamento público no local. O estacionamento não é cobrado e a rotatividade é alta, então é fácil de achar vaga. A Linha Turística de ônibus também passa na porta, então é uma outra forma de chegar à ele.

Perspectiva da Estufa do Jardim Botânico de Curitiba - Paraná

Seja em uma visita rápida ou passar algumas horas aproveitando o local, o Jardim Botânico de Curitiba é destino obrigatório para quem vai à cidade. Se quiser fujir um pouco do agito e de encontrá-lo lotado evite os finais de semana. Mas se atente ao horário das atrações pois elas possuem elas abrem e fecham em diferentes horários.

Veja também outras atrações e locais que fomos conhecer em Curitiba.

Faça sua Viagem com o nosso Blog e com nossos parceiros Você não paga nada mais por isso. Pelo contrário, algumas parcerias oferecem descontos e ótimas ofertas. E você ainda ajuda o blog a continuar postando conteúdo de qualidade.

Compartilhe:

Comente com o Facebook

Comente com o Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *