Joanópolis – Terra do Lobisomem em São Paulo

Compartilhe:

Joanópolis é conhecida como a Terra do Lobisomem. Nesse post vamos contar um pouco sobre essa história e como ela ficou conhecida como a terra deste ser que só aparece em noites de lua cheia. Além disso, confira nosso roteiro, dicas e passeios que fizemos pela cidade cheia de atrativos naturais e cachoeiras.

Joanópolis está localizada à aproximadamente 130 quilômetros de São Paulo já na divisa com Minas Gerais, perto de Extrema e Monte Verde. Partindo de São Paulo o acesso mais rápido é pela Rodovia Fernão Dias. Devido à sua proximidade é uma boa opção de bate-volta partindo da capital paulista ou mesmo de algumas cidades próximas de Minas.

Capital do Lobisomem

Entrada de Joanópolist - Capital do Lobisomem em São Paulo

Desde 1983 que Joanópolis é chamada de “Capital do Lobisomem”. Ganhou esse apelido com o lançamento do livro da folclorista Maria do Rosário de Souza Tavares de Lima, mas também por que cada morador da cidade tem provavelmente uma história diferente para contar sobre esse ser folclórico que aparece nas noites de lua cheia.

As histórias são tão famosas pela cidade que existe até uma associação para proteger e divulgar o lobisomem. O comércio da cidade tem muitos objetos e referências sobre ele e não é difícil encontrar pela cidade alguns lobisomens espalhados por lojas e praças.

Lobisomem sentado na cadeira em Joanópolis em São Paulo

Se você gosta de aventura mais do que história, a cidade promove todo mês de Agosto trilhas / caminhadas e eventos para homenagear o garoto propaganda da cidade. As trilhas são em meio à mata nativa e repletas de belas paisagens.

O que fazer em Joanópolis

Mas, nem só de lobisomem vive Joanópolis. Essa instância turística de São Paulo é cercada de belezas naturais. Considerada um manancial de águas, possui importantes nascentes de rios e muita vegetação nativa. Exatamente por isso, explora bastante o ecoturismo e passeios em meio à natureza.

Joanópolis - Terra do Lobisomem - Cachoeira dos Pretos

Existem diversos passeios à se fazer pela cidade, mas alguns são rápidos e outros são apenas locais para observação. Então, não é difícil encaixar uma ou outra parada no roteiro para uma foto apenas.

Vamos descrever o roteiro que fizemos pela cidade e ao final temos uma lista com todos os atrativos que podem ser visitados pela cidade.

Nosso Roteiro de 1 Dia em Joanópolis

É importante mencionar que boa parte dos passeios e atrativos de Joanópolis estão localizados em áreas de preservação ou em meio à natureza. Então alguns dos acessos à essas atrações são por estradas de terra ainda e sem asfaltamento.

Saímos de São Paulo em direção à Joanópolis bem cedo. Pegamos a Fernão Dias sentido Minas Gerais e em menos de duas horas estávamos na entrada da cidade.

Joanópolis - Terra do Lobisomem - Mapa de São Paulo

Nossa primeira parada foi estratégica na Padaria Pão da Montanha. Local bem simples, mas com atendimento especial de cidade do interior e café bom.

Depois de forrar o estômago, partimos para nosso primeiro ponto turístico e fomos conhecer a Cachoeira dos Pretos. Fica à aproximadamente 18 quilômetros do centro da cidade e é um dos pontos mais longes do roteiro, por isso decidimos ir primeiro nela.

Possui uma estrutura completa de lazer com estacionamento, banheiros, lanchonetes e restaurantes. No local é possível alugar boias para a prática de “boia-cross”. É uma das maiores quedas do estado de São Paulo, apesar de ser “pequena” em volume de água.

Cachoeira dos Pretos em Joanópolis - terra do lobisomem

Possui área para banho, então é possível entrar em algumas das áreas para se refrescar. A entrada custa R$ 10,00 por carro (Dezembro/2017).

No caminho de volta passamos também pela Cachoeira Escondida. Assim como o nome diz, ela fica em meio à vegetação nativa dentro de um terreno particular. Por esse motivo a entrada é cobrada e pagamos R$ 5,00 por pessoa para ter acesso.

Um lugar tranquilo, em meio à natureza e é impressionante perceber que você escuta a queda d’água de longe, mas só consegue vê-la quando está realmente à poucos metros de distância.

Cachoeira Escondida em Joanópolis Terra do Lobisomem

Ela é bem rasa e também é permitido entrar e se banhar. É um local isolado e o silêncio é quebrado apenas pelo som da água caindo. Vale a pena conhecer e aproveitar um pouco o local. Apesar de tudo, não tem nada além dela por ali, então se não for entrar na água, não deverá demorar muito pelo local.

Tem estacionamento e banheiro. E a estrada para chegar até ela e de terra em seus últimos 1 ou 2 quilômetros.

Como chegamos cedo às cachoeiras, acabamos tendo tempo de conhecê-las ainda pela manhã. Decidimos parar no caminho de volta para almoçar e escolhemos o Restaurante O Caipirão para comer.

Não da pra dizer se foi uma escolha ruim ou se nossa experiência não foi boa por termos sido os últimos clientes em um Sábado. O ambiente não nos agradou muito, mesmo o restaurante tendo boas avaliações. Ele fica no meio do caminho entre o centro de Joanópolis e a Cachoeira dos Pretos, e no começo da estrada para a Cachoeira Escondida.

Pelo menos ele tem uma bela vista dos morros e da região. O que melhorou um pouco nossa experiência.

Vista do Restaurante O Capipirão em Joanópolis - Terra do Lobisomem

O local é razoavelmente bem avaliado, então pode ter sido mesmo um pouco de azar de nossa parte somado ao horário.

Voltamos para o centro de Joanópolis para conhecer agora a cidade com mais calma e passar por alguns outros pontos como a Praça Igreja Matriz. Aquela típica praça de centro de cidade de interior com uma igreja e comércios em volta.

Igreja Praça da Matriz em Joanópolis - Terra do Lobisomem

Fomos no final do ano (Dezembro/2017) e a cidade estava toda enfeitada para o Natal. Árvores, iluminação e até um coral cantando na praça.

Praça Matriz de Joanópolis no Natal - Terra do Lobisomem

Ao lado da igreja fica a famosa Casa do Artesão, onde encontramos muito artesanato fabricado pelos moradores da cidade e que são vendidos na loja.

Artesanato também encontramos no Portal Turístico de Joanópolis. Fica bem na entrada da cidade e você provavelmente irá passar por lá quando chegar ou quando estiver indo embora. Algumas lojinhas vendem artesanato e pequenas lembranças da cidade. Geralmente é mais movimentado aos Domingos.

Portal Turístico de Joanópolis - Terra do Lobisomem

Em frente à entrada de Joanópolis, você também encontra o Pesqueiro Padilha. Tem uma estrutura para pesca mas também possui um restaurante se você não quiser pescar, mas quiser comer peixes frescos.

Pesqueiro Padilha em Joanópolis a Terra do Lobisomem

Além dessas atrações, existem alguns pontos de observação em Joanópolis que devem ser visitados. Você pode ter uma boa visão da cidade e até mesmo de outros estados de alguns pontos e picos espalhados pela cidade.

Um deles é a Rampa da Asa Delta. A rampa está na Serra do Lopo, na divida de São Paulo com Minas Gerais. Existem duas rampas no alto da serra. Uma delas você observa Extrema (MG) e a outra Joanópolis (SP).

Rampa de Asa Delta em Joanópolis Terra do Lobisomem

Atenção: Existem duas formas de se chegar à Rampa da Asa Delta. Uma delas é pela SP-036, à direita da saída da cidade sentido São Paulo. E a outra é uma trilha 4×4 que pode ser acessada pelo centro de Joanópolis. Cuidado com o Waze / Google Maps quando você traçar a rota para a Serra do Lopo, pois ele pode te mandar pela trilha 4×4.

Comentamos isso por experiência própria. Quando percebemos já estávamos no meio da lama. Pela SP-036 você também pega estrada de terra, mas é aquela estrada de terra batida. Na outra é barro, buracos, pedras e muita aventura. E nós não tínhamos um carro 4×4 na ocasião. 😛

Ainda na SP-036 ou na Rampa você pode observar também o Gigante Adormecido. Uma formação de montanhas que lembra um homem deitado dormindo.

Gigante Adormecido em Joanópolis - Terra do Lobisomem

Repare na foto acima e diga se consegue identificar a imagem do Gigante Adormecido.

Fizemos esse roteiro quando fomos à Joanópolis, mas deixamos de ir em alguns outros pontos da cidade. Com um pouco mais de esforço, é possível conhecer outras cachoeiras que ficam bem próximas do centro. A Cachoeira dos Pires é uma delas.

Você consegue ver a maioria das atrações em apenas um dia com tranquilidade, mas talvez uma ou outra coisa fique faltando. Além disso, não deixe de experimentar o famoso Pão PRP. Vende em todas as padarias de Joanópolis e é feito desde a década de 1930. É gostoso, meio adocicado e bem macio.

Onde se Hospedar em Joanópolis

Fomos conhecer a cidade e ficamos um dia todo por lá, mas ela tem atrativos para um final de semana inteiro. Não é difícil achar o que fazer ficando dois ou três dias na cidade.

Pela quantidade de cachoeiras e atrativos naturais, você provavelmente terá belos passeios pra fazer todos os dias. Na região encontramos muitos hotéis e pousadas, e várias são próximas das atrações turísticas. Confira algumas:

Na região do centro, você encontra o Hotel Joanópolis (neste link) o Hotel Casarão e a Galeria Quero. Se quiser ficar perto da Cachoeira dos Pretos, você pode considerar o Recanto Lyrimar.

Existem alguns outros na região, mas não são tão bem avaliados ou não são próximos da maioria das atrações. Isso acaba dificultando o passeio pois as distâncias são grandes para ir de um local à outro. Se quiser ver as outras opções de hospedagem em Joanópolis, verifique todas neste link.

Atrativos Turísticos e de Aventura em Joanópolis

Confira todas as atrações e passeios que você encontra pela cidade além dos que já mencionamos acima.

  •  Cachoeiras
    • Cachoeira dos Pires
    • Cachoeira dos Pretos
    • Cachoeira Escondida
    • Cachoeira da Laje
    • Cachoeira Prainha
    • Cachoeira dos Cunha
    • Cachoeira das Bruxas
  • Pedras / Picos
    • Rampa da Asa Delta
    • Pedra do Lopo
    • Pico do Selado
    • Pedra das Flores
    • Pedra do Lobisomem
  • Passeios pela Cidade
    • Portal Turístico
    • Parque Linear
    • Praça Igreja Matriz
    • Praça do Bosquinho
    • Casa do Artesão

Joanópolis é um destino bem legal e com muita natureza. Cheio de cachoeiras, é perfeito para um bate-volta saindo de São Paulo ou mesmo de Minas Gerais.

A grande maioria dos passeios são grátis e alguns dos que são pagos tem um preço bem abaixo, então vale a pena fazê-los e explorar um pouco dessa cidade. E quem sabe você não encontra um lobisomem pelo caminho? Por precaução, não se arrisque a visitar a cidade em noites de lua cheia. 😉

Faça sua Viagem com o nosso Blog e com nossos parceiros Você não paga nada mais por isso. Pelo contrário, algumas parcerias oferecem descontos e ótimas ofertas. E você ainda ajuda o blog a continuar postando conteúdo de qualidade.

Compartilhe:

Comente com o Facebook

Comente com o Facebook

5 comentários em “Joanópolis – Terra do Lobisomem em São Paulo

  • 06/02/2018 em 5:11 pm
    Permalink

    Que interessante a história desse lugar estar ligada ao lobisomem! Nunca havia ouvido falar desse lugar e, para além dos lobisomens, a cidade parece ser um encanto. Adorei as paisagens! Fiquei com vontade de conhecer, só evitaria ir em lua cheia por via das dúvidas!

    Resposta
  • 04/02/2018 em 6:45 am
    Permalink

    Nossa!! Adorei, uma associação de protecção ao lobisomen é muito bom! A cidade é linda assim como o seu entorno. Estou a adorar conhecer estes “segredos” do Brasil. Como pode este país não explodir no turismo!!!????

    Resposta
    • 04/02/2018 em 11:49 am
      Permalink

      Pois é Francisco. Esse país tem muito o que oferecer, mas com quase nada de incentivo ao turismo e a divulgação de nossas belezas. Acho que divulgar um pouquinho de cada vez contribui para mudarmos isso. Mas precisamos de mais de nossos governantes. De nossa parte, continuaremos explorando e divulgando para que mais pessoas possam conhecer e aproveitar.

      Resposta
  • 03/02/2018 em 3:45 pm
    Permalink

    Que região bonita esta! Nunca tinha ouvido falar de Joanópolis. Passear em lugares assim renova nossas energias!

    Contudo, para mim, o maior atrativo da cidade é mesmo a história do lobisomem! Adoro estas lendas que envolvem os lugares! Deve ser divertido topar com ele pela cidade através de objetos e representações. Vou me lembrar, entretanto de nunca visitar a cidade em noite de lua cheia! 🙂

    Resposta
    • 04/02/2018 em 11:51 am
      Permalink

      A história do lobisomem foi exatamente o que nos atraiu à cidade Analuiza. Mas a cidade nos conquistou também pela beleza e por sua natureza. Mas, por via das dúvidas, também fomos de dia para não correr o risco de encontrar com Lobisomens à solta. 😉

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *