El Calafate na Argentina – Roteiro de 3 Dias

Compartilhe:

Nossa viagem pela Patagônia Argentina acabou em El Calafate, onde ficamos três dias e pudemos conhecer lugares fantásticos. Confira os detalhes dessa viagem e nosso roteiro pela cidade.

El Calafate não foi o único destino durante nossa viagem à Patagônia Argentina. Passamos antes 7 dias em Ushuaia e depois pegamos um voo que nos levou para essa cidade que fica próxima de algumas das mais belas geleiras do mundo.

Voo

Fomos de Ushuaia para El Calafate com a Aerolineas Argentinas. Nossa viagem toda pela patagônia fizemos com esta companhia. Não é a única que faz voos para essa cidade, mas é a que faz voos com mais frequência para lá. Muitos dos voos que partem de Ushuaia para Buenos Aires fazem escala / conexão em El Calafate.

Aerolineas Argentinas - Ushuaia e El Calafate

No total, fizemos 5 voos com eles durante essa viagem, comprando passagens na modalidade Múltiplos Destinos (Multi Destinos ou Várias Cidades, o nome pode variar dependendo da companhia aérea). Todos saíram no horário, não tivemos problemas e o atendimento foi bom.

Aerolineas Argentinas - Serviço de Bordo Snacks - Ushuaia e El Calafate

Foi nossa primeira experiência voando com eles, e voltaríamos a voar pois fomos bem atendidos e tudo correu bem. Tivemos o atrativo também de que as passagens estavam com bom preço e coube bem dentro do orçamento.

Todos os detalhes e como foi voar com eles está no post que fizemos: Voando Aerolineas Argentinas.

Hospedagem

El Calafate não é uma cidade tão pequena, mas o centro turístico da cidade gira em torno de uma única avenida principal, a Av Del Libertador Gral. San Martin. Ou simplesmente San Martin, como muitos vão indicar por lá.

Por esse motivo, procuramos nos hospedar em um hotel que fosse próximo da avenida. É importante levar isso em consideração pois praticamente tudo que você for fazer será na San Martin. Lojas, restaurantes, passeios, atrações, tudo fica nela. Por esse motivo, nossa escolha de hospedagem foi o Linda Vista Apart Hotel.

Hotel Linda Vista em El Calafate na Argentina

Ele fica a poucos metros da San Martin, próximo também a mercados e lojas. É um Apart Hotel, então quer dizer que além dos quartos, possui também uma cozinha completa, onde você pode preparar algum alimento rápido. Mas, eles também oferecem café da manhã. O atendimento é muito bom e o melhor de tudo é que o preço é bem atrativo.

Quarto Casal Hotel Linda Vista em El Calafate - Argentina

Por sua proximidade com a avenida, o Custo x Benefício foi excelente. Fizemos um post só sobre este hotel. Se quiser conferir, veja mais em: Hotel Linda Vista. Veja também as diversas opções de hotéis em El Calafate no Booking.com.

Como ir do Aeroporto até o Centro de El Calafate?

O Aeroporto fica a aproximadamente 20 quilômetros do centro de El Calafate, e não existe transporte público para lá. A única maneira de você chegar até a cidade é:

Taxi / Remis: pegar taxi dentro do Aeroporto é bem tranquilo. Já na saída existe um quiosque onde você pode contratar o serviço. É preço fechado, mas nada abusivo. Trajeto Aeroporto – Cidade custou ARS 730,00 (Outubro/2017). Se você contratar a volta também com eles, tem um desconto de 20% a 30% na tarifa. O serviço é oferecido pela empresa Condor Serviços de Taxi e todas as tarifas podem ser verificadas neste link.

Transfer com Vans: O transfer por vans é feito pela VES Patagonia. É bem mais barato que o serviço de Taxi / Remis mas cobra por pessoa, sendo que o taxi cobra por viagem. Por esse motivo é bom considerar os gastos pois ele é bem mais em conta. Também possui quiosque dentro do aeroporto, mas você pode comprar a passagem antes pelo site.

Em nossa viagem, escolhemos Taxi pois estávamos em três pessoas. Somando ida e volta com a van ela só seria vantagem se estivéssemos em dois.

Aluguel de Carro: Você também pode alugar um carro dentro do Aeroporto mesmo e ir dirigindo até a cidade. Nós alugamos um carro em El Calafate, mas não pegamos ele no aeroporto, deixamos para pegar na cidade. As taxas dentro do aeroporto eram altas. Fazendo as contas, ficou mais barato pegar e devolver o carro na cidade e usar taxi para o trajeto do aeroporto.

Vai alugar um carro em El Calafate? Confira os preços fora do aeroporto para não pagar as taxas. Faça sua cotação em reais e sem IOF com a Rentcars.com.

Roteiro – 3 dias em El Calafate

Chegamos em El Calafate em uma Quarta-Feira e nosso voo de volta ao Brasil era no Domingo. Então tínhamos 3 dias inteiros (Quinta, Sexta e Sábado) para explorar a cidade e conhecer alguns dos pontos turísticos de lá.

Ainda na Quarta pudemos aproveitar um pouco. O voo entre Ushuaia e El Calafate é rápido, aproximadamente 1h30min, mas saímos de Ushuaia no meio da tarde. Por esse motivo chegamos em El Calafate entre o meio e o fim do dia. Mesmo assim, fizemos o check-in, e fomos explorar a Av. San Martin.

Percorremos a avenida toda, vimos as lojas e restaurantes (que voltaríamos depois, claro) e aproveitamos para ir ao mercado nos abastecer de lanches, petiscos e água para levar nos passeios.

Dica: Não se esqueça que é importante fazer um Seguro Viagem para viagens internacionais. Confira cotações e preços com a Real Seguros ou com a Seguros Promo e viaje sem preocupações.

Dia 1 – Glaciar Perito Moreno

Como havíamos alugado um carro, não fechamos pacotes turísticos com agências na cidade. Então a escolha de nosso roteiro foi baseada no clima. Por ser fim de outono, já quase começando o Inverno, ficamos sempre de olho na previsão de chuva / neve etc. Com o tempo bom, resolvemos que nosso primeiro passeio em El Calafate seria o Glaciar Perito Moreno.

Pegamos a Ruta 11 em direção ao Parque Nacional Los Glaciares e  fomos conhecer uma das mais famosas geleiras do mundo.

Glaciar Perito Moreno - Ruta 11 em El Calafate - Argentina - Parque Nacional Los Glaciares

A estrada é tranquila e boa, em menos de 40 minutos estávamos na entrada do Parque Nacional.

Entrada do Parque Nacional Los Glaciares - El Calafate - Argentina

Pagamos a entrada para o parque nacional (ARS 500,00 em Maio/2017) e continuamos pela Ruta 11 e direção à Geleira. Já no caminho tínhamos uma visão bem ao longe dessa bela obra da natureza.

Ruta 11 dentro do Parque Nacional Los Glaciares - Glaciar Perito Moreno - El Calafate - Argentina

A paisagem dentro do parque é bem interessante, com pontos de parada para belas fotos (como esta acima). O caminho já vai te preparando para ver de perto essa fantástica formação.

Mirante de Glaciar perito Moreno em El Calafate - Argentina

Percorremos boa parte das passarelas, passamos por diversos caminhos e pudemos aproveitar a vista de diversos ângulos. Vale a pena fazer as trilhas. Um lugar calmo, com uma das visões mais impressionantes que você terá, com certeza.

Glaciar Perito Moreno - Geleira em El Calafate - Argentina

Se você tiver tempo e quiser fazer algo diferente, pode contratar um passeio e fazer uma caminhada pela geleira. Depois de conhecê-la, paramos no restaurante que fica dentro do Parque Nacional para um almoço e para um descanso.

No meio da tarde pegamos a Ruta 11 de volta à El Calafate. Você pode conferir todos os detalhes da geleira no post: Glaciar Perito Moreno.

De volta à cidade, fomos novamente caminhar pela San Martin, agora com mais tempo para parar nas lojas de roupas, souvenires etc. Exploramos boa parte delas e no final do dia fomos jantar.

Avenida San Martin em El Calafate - Argentina

Dia 2 – Ruta 40 e Parques de El Calafate

Para nosso segundo dia não tínhamos agendado nenhum passeio para poder conhecer de fato o centro de El Calafate, as ruas, os parques, praças e outras atrações.

Mas, como a gente não resiste, pegamos o carro e resolvemos explorar um pouco da Ruta 40 antes. Já tínhamos ouvido falar que era um passeio bem bonito e que valia a pena conhecê-la por causa de suas belas paisagens. Então, fomos conferir.

Ruta 40 de El Calafate para El Chalten - Argentina

A Ruta 40 é a principal ligação entre El Calafate e El Chaltén, a chamada “capital argentina do trekking”. Uma pequena cidade rodeada de montanhas e com muitas opções de aventura. Além do já mencionado trekking, é muito procurada para trilhas, rafting, escaladas, montanhismo, canoagem etc.

Durante todo o percurso encontramos grupos bem grandes de Guanacos, um animal bem parecido com as Lhamas ou Alpacas, mas muito mais ariscos e desconfiados. Foi difícil conseguir uma foto boa pois toda vez que nos aproximávamos eles fugiam. 😀

Guanacos na Ruta 40 de El Calafate para El Chalten na Argentina

De volta à El Calafate, fomos conhecer a Administração do Parque Nacional Los Glaciares. Falando assim nem parece algo tão interessante. Mas o local onde está localizada possui uma série de atrativos.

Administração do Parque Nacional Los Glaciares em El Calafate

Dentro do parque você encontra além de algumas espécias da vegetação nativa do local um pouco da história e do desenvolvimento da região. Começando por máquinas e equipamentos antigos do início da criação do Parque Nacional e passando por mostras sobre alguns dos exploradores mais famosos, entre eles Francisco Pascasio Moreno, que da nome ao Glaciar Perito Moreno, até Charles Darwin.

Trator Antigo - Administração do Parque Nacional Los Glaciares em El Calafate - Argentina

Fomos também conhecer a Laguna Nimez, que fica bem perto da San Martin. À uma distância de aproximadamente 1 quilômetro, pode-se ir à pé até lá. Em torno da Laguna existe um calçadão para caminhadas. Para se ter acesso à Laguna é necessário comprar um ingresso.

Esse ingresso custa ARS 15,00 (Maio/2017) e dá direito a visitar o local por 7 dias. É uma reserva onde muitas pessoas vão para caminhar, mas também é um local onde pode-se observar mais de 80 espécies diferentes de pássaros. A caminhada total pela Laguna dura cerca de 1h30min. Pode-se fazer a caminhada por conta própria ou pedir uma visita guiada, dependendo do dia e horário.

Laguna Nimez em El Calafate - Argentina

Ainda no centro da cidade, aproveitamos para umas últimas compras, tomar chocolate quente para aquecer e conhecer mais detalhadamente alguns dos locais da San Martin, como por exemplo a Aldeia de Gnomos (ou La Aldea de Gnomos). Uma pequena vila com diversas lojas de artesanato e um bar.

Vila de Gnomos no centro de El Calafate - Argentina

Além disso, ainda na região do centro você encontra o Casino Club, se quiser arriscar a sorte e ganhar (ou mais provavelmente perder) alguns pesos.

Para finalizar a noite, tem também o Yeti Ice Bar, onde você pode aproveitar uma simples cerveja ou alguma outra bebida mais “quente” ou comprar um ingresso para 30 minutos de Open Bar visitando a parte “gelada” do local.

Yeti Ice Bar em El Calafate - Argentina

Dia 3 – Passeio Rios de Hielo

Em nosso último dia “cheio” em El Calafate fomos fazer uma navegação pelo Lago Argentino. O passeio se chama Rios de Hielo e recebe esse sugestivo nome exatamente por que todo o percurso é cercado por geleiras e por icebergs.

Esse passeio também fica dentro do Parque Nacional Los Glaciares, mas em sentido oposto ao Glaciar Perito Moreno. Pegamos novamente a Ruta 11 e na metade do caminho tomamos outra direção pela Ruta 8 até a entrada do Puerto Bandera.

Puerto Bandera no Parque Nacional Los Glaciares - Rios de Hielo - El Calafate - Argentina

Pagamos novamente a taxa de entrada do parque nacional (ARS 500,00 – Maio/2017) e entramos na balsa que nos levaria para navegar pelo Lago Argentino. Vale ressaltar que ele tem duração de aproximadamente 6 horas. Então esse será um passeio que provavelmente irá tomar praticamente todo seu dia.

É um passeio bem interessante e mais uma vez cheio de belas paisagens. Tem como destino final algumas outras geleiras dentro do parque nacional, mas já no início temos belas visões de grandes blocos de gelo espalhados pelo lago.

Bloco no Lago Argentino - Rios de Hielo em El Calafate - Argentina

Esses blocos se desprendem das geleiras e podem ser observados por todo o caminho. Quando blocos maiores se soltam, formam os famosos Icebergs, e eles também podem ser vistos durante o percurso. É uma visão que realmente impressiona.

Iceberg no Lago Argentino - Rios de HIelo em El Calafate - Argentina

Mas, o destino final é realmente o Glaciar Upsala e o Glaciar Spegazzini. O barco chega bem próximo desta que é a mais alta geleira de todo o parque nacional.

Blocos de Gelo da Geleira Spegazzini - Rios de Hielo em El Calafate - Argentina

Durante todo o percurso você se depara com belas paisagens e pontos de observação bem interessantes. Até uma “Geleira Seca”, como eles chamam quando ela não fica em contato com a água.

Geleira Seca no Rios de Hielo em El Calafate - Argentina

Terminamos a navegação já com aquela saudade e voltamos à El Calafate para jantar o prato mais típico da cidade: o cordeiro. Na grande maioria dos restaurantes você irá encontrar esse prato sendo oferecido. O cordeiro é feito na brasa e muitos ficam o dia todo assando até serem servidos.

Ultimo Dia – Algumas Horas

Depois de três dias em El Calafate, chegou a hora de voltar pra casa. Nosso voo sairia no começo da tarde, o que nos deu tempo de tomar o café da manhã, fazer o check-out no hotel, deixar as malas guardadas e fazer uma última caminhada pela cidade antes de partir.

Fomos explorar algumas outras ruas e os arredores que não havíamos passado antes, mas foi algo bem rápido. Tínhamos aproximadamente 2 horas apenas. Mas suficiente para um bom passeio.

Encontramos parques e praças em homenagem à pessoas famosas da Argentina. Como esta com monumentos à Eva Peron e Juan Peron, por exemplo.

Eva e Juan Peron em El Calafate - Argentina

Sem contar outras belas praças e parques pela região, que no final do Outono / começo do Inverno, já começam a formar uma paisagem bem interessante.

Parques de El Calafate na Argentina

Parques e Arvores de El Calafate - Argentina

Voltamos para o Hotel, pegamos o taxi e fomos para o Aeroporto de El Calafate. nos despedimos de nossa viagem à patagônia já com aquela vontade de ficar pelo menos mais algumas semanas. Mas, fica para uma próxima vez. 😉

E você? Está indo para Ushuaia ou El Calafate? Deixe seu comentário e tire suas dúvidas. Já foi? Compartilhe com a gente sua experiência e o que fez de diferente.

Faça sua Viagem com o nosso Blog e com nossos parceiros Você não paga nada mais por isso. Pelo contrário, algumas parcerias oferecem descontos e ótimas ofertas. E você ainda ajuda o blog a continuar postando conteúdo de qualidade.

Compartilhe:

Comente com o Facebook

Comente com o Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *