Museu Marítimo e Presídio de Ushuaia – Argentina

Compartilhe:

Não tem como falar de Ushuaia sem mencionar o Presídio de Ushuaia. Ele é um marco importante pois foi uma das primeiras construções que deram origem à cidade. Muito da história do local e muitas atrações turísticas são baseadas nele e em seus presos também.

O Que Encontrar no Local?

Hoje o Presídio de Ushuaia se tornou um enorme e interessante museu, que conta um pouco da história de como a cidade foi fundada e as curiosidades do local. Para sermos mais exatos, hoje existem dois museus dentro do prédio: Museu Marítimo e Museu do Presídio de Ushuaia.

Museu Maritimo e Museu do Presídio de Ushuaia

No entanto, algumas outras galerias e mostras completam a visita e fazem parte da experiência. Dois outros ambientes dentro do museu podem ser visitados e estão inclusos no ingresso: a Galeria de Artes e o Museu de Arte Marinha (Museo de Arte Marino de Ushuaia – MANU).

Uma Breve História

O Presídio de Ushuaia foi construído em 1902 e funcionou entre 1904 à 1940. Era considerado um presídio extremamente seguro não apenas por sua construção, mas pelo clima e pelo isolamento geográfico de Ushuaia. Foi construído pelos próprios presos que eram enviados à cidade para trabalhar como forma de reduzir sua pena.

Acabou ganhando má fama na época pois os presos enviados para lá eram considerados os mais perigosos. Presos reincidentes, assassinos e presos políticos eram os “habitantes” do presídio.

Museu Marítimo e Presídio de Ushuaia - Preso Político
Um dos Presos Políticos mais Famosos de Ushuaia: Néstor Ignacio Aparicio

Museu Marítimo

A visita ao Presídio de Ushuaia começa pelo Museu Marítimo. Não é uma mostra muito grande, mas é passagem obrigatória para quem quer acessar outras partes do presídio. Conta um pouco da história de Ushuaia, das navegações e também dos naufrágios que ocorreram na região.

Museu Marítimo e Presídio de Ushuaia - Barco

É interessante se atentar à alguns detalhes dessa mostra, pois ela vai te explicar muito sobre o surgimento de Ushuaia e também sobre a origem dos nomes de diversos pontos turísticos da cidade. O exemplo mais conhecido é o Canal do Beagle, que recebeu esse nome em homenagem ao famoso navio britânico HMS Beagle. Foi o navio que levou Charles Darwin em sua expedição que deu origem ao livro “A Origem das Espécies”.

Museu Marítimo e Presídio de Ushuaia - Beagle

Museu do Presídio de Ushuaia

Finalmente chegamos ao Museu do Presídio de Ushuaia. Ele fica em uma das galerias do prédio e possui dois andares. As antigas celas foram transformadas em salas de exposições que contam a história do local, possuem algum fato curioso relacionado ou descrevem um acontecimento da época.

Museu marítimo e Presídio de Ushuaia - Corredor

Mais do que apenas os presos, cada cela mostra como era a rotina do presídio. Quais eram os trabalhos realizados pelos prisioneiros e quais eram as condições em que eles viviam enquanto estavam encarcerados.

Museu marítimo e Presídio de Ushuaia - Cela com Preso

Quando entramos no museu, em nenhum momento nos passou pela cabeça como deveria ser o ambiente por lá. Tudo lindo, pintado e reformado para atrair os turistas. Sem contar o sistema de aquecimento, que deixava o ambiente agradável e bem confortável. Tudo parecia mágico, até conhecermos uma segunda galeria que também faz parte do museu do presídio de Ushuaia.

Esta segunda galeria também possui dois andares, mas a semelhança para por ai. Nesta galeria as celas e corredores foram deixados exatamente como eram quando o presídio ainda estava funcionando. Mesmo com o sistema de aquecimento, o frio nessa área era muito forte, a ponto de incomodar. Então tivemos de fato a visão (e sentimos) como era ser um preso em Ushuaia.

Museu Marítimo e Presídio de Ushuaia - Cela Original

Depois de passarmos por essa galeria realmente entendemos um pouco por que esse era um temido presídio e por que ninguém queria ser enviado para lá. As condições climáticas realmente eram um fator agravante para os presos.

Passeios Relacionados ao Presídio de Ushuaia

Como falamos, os presos que eram enviados à Ushuaia não ficavam apenas encarcerados, mas também eram obrigados a trabalhar para reduzirem suas penas. Como a cidade se formou em função da construção do presídio, é de se esperar que muito do turismo da região seja relacionado à ele.

Um dos trabalhos que eram realizados pelos presos consistia no corte e extração de madeira das florestas da região. Para isso, um trem saia diariamente bem cedo do presídio e os levava até o local onde eles iriam trabalhar e voltava no fim do dia. Em Ushuaia, um dos passeios turísticos mais procurados é exatamente o percurso feito pelo trem dos presos. Você pode encontrar mais detalhes sobre ele em: Trem do Fim do Mundo em Ushuaia.

Trem do Fim do Mundo em Ushuaia no Parque Nacional Terra do Fogo

Galeria de Artes e Museu de Arte Marinha

Além das duas galerias já mencionadas no Presídio de Ushuaia, também encontramos por lá duas outras mostras menores, mas que merecem a visita e são bem rápidas de se visitar.

Começando pela Galeria de Artes, esta mostra foi inaugurada em 1999 e possui uma exibição de quadros, estátuas e outras obras de artes de artistas famosos. A grande maioria doada ao museu pelos antigos donos e algumas estão lá fornecidas pelos próprios criadores.

Já o Museu de Arte Marinha mostra uma série de quadros, pinturas e uma exposição feita com objetos encontrados por mergulhadores. Em sua grande maioria, expõe fotos tiradas durante mergulhos e belas paisagens.

Informações sobre o Museu Marítimo e Presídio de Ushuaia

Horário de Funcionamento: Janeiro e Fevereiro: 09:00 às 20:00 / Março à Dezembro: 10:00 às 20:00
Valor Ingresso (Agosto/2017): ARS 350,00 (R$ 64,00) – Residentes do Mercosul (o que inclui brasileiros) ARS 250,00 (R$ 45,00). Basta apresentar o passaporte.
EndereçoYaganes y Gobernador Paz, 9410 Ushuaia, Tierra del Fuego, Argentina
Dica:  O ingresso é válido por 2 dias. Quando comprar, peça para carimbá-lo e você pode utilizá-lo por 48 Horas. Então você pode voltar no dia seguinte se quiser.
Site: para maiores informações de preços, visite o site do Museu Marítimo e Presídio de Ushuaia.

Na área que interliga todas as galerias, encontramos ainda o local que era utilizado como quadra e teatro para os presos. Mas com a vista das belas montanhas de Ushuaia, até que não era tão ruim ficar preso lá viu. 😛

Museu Marítimo e Presídio de Ushuaia - Quadra

Faça sua Viagem com o nosso Blog e com nossos parceiros Você não paga nada mais por isso. Pelo contrário, algumas parcerias oferecem descontos e ótimas ofertas. E você ainda ajuda o blog a continuar postando conteúdo de qualidade.

Compartilhe:

Comente com o Facebook

Comente com o Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *