Forte de Copacabana no Rio de Janeiro

Compartilhe:

O Forte de Copacabana é um lugar bem interessante para se conhecer se você gosta de história do Brasil. Mais do que apenas isso, é interessante conhecer como eram nossas defesas quando o Rio de Janeiro ainda era a capital do país.

Se isso ainda não te convenceu, dentro do Forte ainda é possível fazer excelentes refeições em um restaurante bastante procurado por turistas.

Seu nome oficial é Museu Histórico do Exército / Forte de Copacabana (confira o site oficial) e fica no fim da praia que dá nome ao Forte. Por estar em uma das prais mais visitadas do Rio de Janeiro, seu acesso é bem fácil pela Avenida Atlântica. Além disso, a entrada fica à poucos metros da famosa estátua de Carlos Drummont de Andrade. O que é uma ótima parada pra a famosa foto, no banco, sentando-se ao lado dele.

forte de copacabana rio de janeiro
Entrada do Forte de Copacabana: “Se quer paz, prepare-se para a guerra”

O Forte de Copacabana não possui um estacionamento, mas existem alguns bolsões na Avenida Atlântica onde os carros podem ser estacionados, ou alguns estacionamentos particulares na região. Também é possível acessá-lo por transporte público, com algumas estações de Metrô próximas: Estação Cantagalo (Copacabana) e Estação General Osório (Ipanema).

História do Forte

O Forte foi inaugurado em 1919, quando o Rio de Janeiro ainda era a Capital da Republica dos Estados Unidos do Brasil, antes de se mudar para Brasília e também antes de mudar de nome. Foi construído para proteger a então capital e inicialmente não existia um projeto de criação de um forte, mas sim da instalação de Obuseiros, canhões portáteis e de médio alcance.

Mas o Marechal Hermes da Fonseca (então presidente do país) foi convencido de que era mais adequado instalar no local canhões de tiro rápido e longo alcance, o que foi aceito. Com isso iniciou-se a construção do Forte de Copacabana.

O Forte

Existem duas entradas no forte, a primeira (imagem acima) é a entrada principal (e bilheteria), também chamado de “Portão de Armas”. Dá acesso às dependências externas do Forte, onde hoje existem restaurantes e algumas lojinhas (comentamos sobre isso mais abaixo). Dentro das dependências do forte existe uma segunda entrada que dá acesso ao museu e acervo.

forte de copacabana portao interno museu

Detalhe do brasão com o então nome República dos Estados Unidos do Brasil.

forte de copacabana portao interno brasão

O acervo é bem interessante (apesar de não ser muito grande) e existem diversas galerias com mostras de armamentos, balas, engrenagens de canhões e metralhadoras etc. Algumas salas mostram como era a vida dos soldados que ficavam no forte, os dormitórios (rústicos e sem nenhum conforto) os banheiros e também o “xadrez”, destinado à prisão de militares até o ano de 1932, que depois serviu de Reserva de Armamento da Bateria de Serviço.

forte de copacabana dormitorio
Dormitório dos Soldados no Forte de Copacabana

É interessante também ver como eram algumas armas da época e também as balas de diversos calibres utilizadas não apenas nas metralhadoras, mas também nos canhões.

forte de copacabana metralhadora

A parte externa do forte ainda reserva uma outra área para visitação onde é possível ver os canhões que eram utilizados à época.

forte de copacabana canhão

Esses canhões podem ser vistos bem de perto e dentro do forte é possível ver como eles funcionavam, com suas engrenagens, local de armazenamento e carregamento de balas etc. O acesso à cabine é fechado, mas os demais componentes que faziam o canhão funcionar estão ali presentes.

forte de copacabana canhão

Lojas e Restaurantes

Existem alguns lugares interessantes para se comer e fazer pequenas compras dentro das dependências do Forte de Copacabana. Em sua área externa existem alguns restaurantes e algumas lojinhas que vendem artesanatos e doces.

Algumas dessas lojas são famosas em diversos pontos turísticos do Rio de Janeiro, vendendo geleias, bebidas e licores, doces típicos etc, mas existem também dois restaurantes que valem a pena serem visitados.

Um deles é o Café 18 do Forte, que serve café da manhã com uma boa variedade de pratos, sanduíches, omeletes etc. As mesas  são externas e você terá uma das melhores visões de toda orla de Copacabana, uma das melhores vistas para se tomar um café da manhã ou aproveitar um bom sanduíche.

O segundo local, e esse já é um pouco mais famoso é a Confeitaria Colombo. Também com uma excelente qualidade em seus produtos, costuma ser bem concorrida nos finais de semana, portanto se prepare para enfrentar uma espera de algumas horas em sua reserva. Com mesas externas também, proporciona a mesma visão que o Café e é um ótimo lugar para se relaxar e fazer uma pausa no passeio. Como a procura e a espera são grandes, eles costumam anotar nomes e telefone para avisarem quando a mesa estiver disponível, o que é interessante pois você pode continuar visitando o local e ser avisado quando seu lugar estiver pronto.

Resumo

A visita ao Forte de Copacabana é bem interessante e mostra um pouco da história do Brasil no seu “início”, quando a capital ainda era no Rio de Janeiro e ainda estavamos em guerra, sofrendo ataques da países como a Espanha, por exemplo.

As dependências externas foram restauradas e revitalizadas, mas o acervo ainda está um pouco “abandonado” e merece uma atenção um pouco melhor.

Os restaurantes dentro do Forte são de excelente qualidade e uma ótima opção de parada durante sua visita.

Não é um passeio demorado, se você estiver com pressa. Se quiser aproveitar o pouco tempo, recomendamos já chegar e deixar seu nome na lista de espera da Confeitaria ou do Café, e ir visitar o Forte, e terminar a visita com um bom lanche ou começar com um café da manhã.

Reserve pelo menos metade dos seu dia para conhecer o Forte de Copacabana. Quem sabe a parte da manhã, para poder aproveitar a Praia de Copacabana depois?

Quando: De Terça à Domingo (e Feriados) – Das 10:00 às 18:30
Quanto: O valor do ingresso é de R$ 6,00 (para adultos) e R$ 3,00 a meia entrada (Idosos, Estudantes, etc) e crianças menores de 10 anos não pagam.

Faça sua Viagem com o nosso Blog e com nossos parceiros Você não paga nada mais por isso. Pelo contrário, algumas parcerias oferecem descontos e ótimas ofertas. E você ainda ajuda o blog a continuar postando conteúdo de qualidade.

Compartilhe:

Comente com o Facebook

Comente com o Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *