NASCAR Hall of Fame em Charlotte

Compartilhe:

NASCAR é a famosa corrida de carros modificados dos Estados Unidos. Nós temos nossa versão por aqui no Brasil também, chamada apenas de Stock-Car. A sede da NASCAR fica em Charlotte, e á lá também que temos o NASCAR Hall of Fame. Um museu com a história dessa categoria automobilística. Se você gosta de corridas, ou do filme Carros (da Pixar) vai gostar desse post.

O NASCAR Hall of Fame fica à poucos quarteirões do centro da cidade e do terminal de ônibus de Charlotte. Logo que você entra na cidade já é possível avistar o prédio onde é comandada uma das mais famosas corridas dos Estados Unidos. Veja o post que fizemos sobre Charlotte – Conhecendo a Cidade em Um Dia.

O Hall of Fame é um museu dedicado à história e memória dessa corrida que leva milhares de pessoas às pistas todos os anos.

Se você gosta de corridas, automobilismo ou mesmo de Stock Car, este é o lugar que você deve ir com toda certeza, pois lá você tem quase 70 anos de história dessa categoria de corridas em um museu com muita interatividade, simuladores e espaço não só para adultos, mas para crianças também.

charlotte nascar hall

O ingresso do Hall pode ser escolhido em algumas modalidades. Você pode escolher apenas a entrada ao museu, ou mesmo pagar para ter acesso à conteúdo de áudio adicional, presente em praticamente todos os pontos do lugar, ou então o combo completo, que além de tudo isso, te da direito à um lanche na lanchonete do Museu. Essa ultima opção não é recomendada, e explico daqui à pouco o motivo.

Assim que você compra seu ingresso, você é guiado à uma sala de cinema onde a história da NASCAR é contada em um vídeo de aproximadamente 10 minutos. Conta o surgimento, a histórias dos primeiros carros, a ilegalidade, como se tornou legal, os pilotos etc. Após essa demonstração, você fica livre para andar pelo museu e conhecer algumas das atrações que eles oferecem.

charlotte-nascar_primeiro_carro
Primeiro Carro Campeão da NASCAR

Curiosidade: A NASCAR (National Association for Stock Car Auto Racing)  surgiu durante  lei seca norte-americana. Mas não foi de uma forma legal.

Enquanto a venda de bebidas alcoólicas era proibida nos Estados Unidos, as pessoas utilizavam seus carros para transportar bebidas de forma ilegal. Com a polícia na cola desses “distribuidores”, eles começaram à modificar seus carros para serem mais leves, menores e mais rápidos para poderem escapar da perseguição.

Com o término da lei-seca, a necessidade de escapar da polícia acabou, mas a vontade de continuar a modificação dos carros para competir continuou. Assim surgiu a NASCAR, competição feita de carros modificados competindo para ver quem era o mais potente. As vezes esse tal de Estados Unidos é meio estranho de se entender. 😉

O museu é gigante, com três andares inteiros dedicados à contar a história dessa categoria de corridas, e descrever cada ponto aqui renderia dois ou três posts completos. Vou me atentar aos principais fatos de uma forma mais objetiva.

O primeiro andar é dedicado apenas aos carros, e tem MUITO carro em exibição. Existe uma “mini pista” onde todos os modelos de carros, de todos os anos desde o início até os dias atuais, são exibidos. No tour com audio, é possível conhecer a história da maioria deles, o conceito e a ideia por trás da criação de cada modelo.

charotte_nascar_carros

O segundo e o terceiro andar é onde estão as demais mostras, é possível encontrar uma oficina inteira montada com partes de carros, demonstrações e galeria de fotos e muitos objetos. E a maioria dessas mostras são interativas. Muitas das peças estão ali para serem tocadas, sentidas etc. É possível testar a aceleração de um carro atual, experimentar  o funcionamento dos amortecedores e até participar de uma troca de pneus e abastecimento em um pit-stop.

É ali também que você irá participar do simulador de corrida. Dependendo do tipo de ingresso que comprou, você tem direito à uma volta no simulador, ou quantas voltas você quiser. O simulador é no estilo corrida, você faz inicialmente uma volta de qualificação (para aprender como dirigir no simulador) e depois vai para o carro competir com 17 outros corredores na pista.

charotte_nascar_simulador
Simulador de Corridas. Cada Carro vai duas pessoas. Mas cada um em seu próprio controle.

Eu recomendo pegar o ingresso que dá acesso ilimitado ao simulador. Por que? Por que são poucas voltas e você vai ficar com vontade de correr de novo. Fomos umas 5 vezes nele. Só não fomos mais pois estávamos com o horário meio apertado.

Se além de gostar de automobilismo, você for fã de Filmes / Animações, você irá descobrir que o filme Carros (Pixar – 2006) é totalmente baseado nas corridas da NASCAR. E não só isso, não apenas baseado, você encontrará os carros reais que inspiraram os carros da animação neste museu.

charlotte_nascar_hudson_hornet
Reconhece o “velho Doc” aqui?

Acima está a foto do Fabulous Hudson Hornet, que pode ser visto no filme. Também temos os caminhões de transporte, o carro do Xerife e diversas outras referências.

O Hall of Fame com certeza irá te fascinar não apenas pelas mostras e por toda a história dessa categoria, mas pela interatividade com praticamente tudo, desde uma simples peça do freio, quanto à uma interatividade que beira uma experiência real durante uma troca de pneus ou abastecimento.

E não pense que será fácil, pois é tudo “real” o peso do carro que você terá que subir com o macaco-hidráulico ou o pneu que terá que trocar etc. Visite o site do Hall of Fame para ver os horários, mas nos finais de semana ele abre às 10:00 AM. Contando com o almoço, conseguimos ver tudo sem pressa, participamos de algumas corridas no simulador e acompanhamos o guia de áudio até aproximadamente 2:30 PM. Em uma média de 4 horas você consegue passar por tudo com tranquilidade.

Por falar em almoço, comentei que uma das opções de ticket para a entrada do Hall incluía receber um lanche na lanchonete do local. Mas eu não recomendo pegar essa opção, pois dentro do Hall of Fame temos uma entrada para o famoso Buffalo Wild Wings que é uma franquia famosa americana onde o carro chefe deles são as suas asinhas de frango apimentadas. Claro que existem diversas outras opções no cardápio, mas as asinhas definitivamente valem muito a pena. Economizar no ingresso, dispensando o lanche, pode te ajudar a comprar uma porção a mais no Buffalo Wild Wings. Experimente também os “Samples”, vem um pouco de cada prato para conhecer e abrir o apetite para o prato principal.

Faça sua Viagem com o nosso Blog e com nossos parceiros Você não paga nada mais por isso. Pelo contrário, algumas parcerias oferecem descontos e ótimas ofertas. E você ainda ajuda o blog a continuar postando conteúdo de qualidade.

Compartilhe:

Comente com o Facebook

Comente com o Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *